sábado, 25 de setembro de 2010

O amor no mundo contemporâneo

Na sociedade contemporânea, fala-se e escreve-se muito sobre sexo e quase nada sobre o amor.
Talvez seja pelo fato de que o amor, sendo um enigma não se deixa decifrar, repelindo toda tentativa de classificação ou definição. Por isso, a poesia, campo mítico por excelência, encontra na metáfora a compreensão melhor do amor. efetivamente, a literatura nunca deixou de falar do amor.

Talvez o vazio conceitual se deva à dificuldade de expressão do amor no mundo contemporâneo. O Desenvolvimento dos centros urbanos criou o fenômeno da "multidão solitária": as pessoas estão lado a lado, mas suas relações são de contiguidade, seus contatos dificilmente se aprofundam, sendo raro o encontro verdadeiro.


" Como ciumento, sofro quatro vezes: porque sou ciumento, porque me reprovo de se-lô, poque temo que meu ciume machuque o outro, porque me deixo dominar por uma banalidade: sofro por ser excluido, por ser agressivo, por ser louco e por ser comum".


Referêcia bibliografica

Arruda, Maria Lúcia; Pires, Maria Helena. Filosofando, introdução a filosofia.



domingo, 19 de setembro de 2010

Animais I (Racionais)

Vamos dar cambalhotas feito palhaços!!!!
Nao é o que Somos?
Bom estar de volta!!!!

Resolvi voltar a postar, apaguei todas as postagens anteriores, quero começar tudo de novo, quase tudo novo ou velho ainda?

Não sei, hoje estou com tédio, não quero resolver os exercícios de filosofia, não quero ler os textos de prática pedagógica, não quero ler nada apenas pensar na vida, no mundo, na hipocrisia humana e na burrice impregnada no ser humano!!!!!!

Queria voltar a dar cambalhotas, ficar de cabeça para baixo com uma companhia e falar besteira! Há tempo bom......

Estou cansada de pessoas burras, alienadas, que olham para seu mundinho e não consegue enxergar os mundos que existe! se fazem de cidadão honesto, decidem o futuro do país e das pessoas como se fossem uma brincadeirinha de dado, posam como defensores do desenvolvimento do país, e não desenvolvem nem sua mente tão pequena, não sabem nem se quer o que é desenvolvimento! Ha Política maldita! Política de vida, política de cidadão, política de convivência, política de sujos!!!