sábado, 12 de março de 2011

Filme da semana


Filme: Um Beijo Roubado

O filme é simplesmente maravilhoso, selecionado para abrir o festival de cannes em 2007 do diretor Wong Kar Wai, do elogiadíssimo “Amor à flor da pele”.O elenco tem a participação da cantora Norah Jones como protagonista, pela riqueza do elenco – que traz Jude Law, Natalie Portman, Rachel Weisz e David Strathairn e Com fantástica trilha sonora de Cat Power (que faz uma participação no filme), Norah Jones, Ry Cooder, Otis Redding, Cassandra Wilson, Gustavo Santaolla, entre outros.Aplaudido de pé pelos críticos e pelo público que se emociona e torce pela vitória do amor, dirigido com sensibilidade e muita criatividade.

Sinopse:

A vida de Jeremy (Jude Law, de O Talentoso Ripley), dono de um charmoso café, muda radicalmente quando ele recebe a visita de Elizabeth (a cantora Norah Jones), uma jovem de coração partido que trocada pelo namorado, com quem conversa noites adentro. Jeremy acaba se apaixonado por Elizabeth que acaba indo em bora Em busca de um novo rumo. Elizabeth parte em viagem através dos EUA, onde faz amizades com um policial (David Strathairn, indicado ao Oscar de Melhor Ator por Boa Noite Boa Sorte) que não consegue esquecer a ex-mulher (Rachel Weisz, ganhadora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por O Jardineiro Fiel) e uma sexy jogadora de cartas (Natalie Portman, a rainha Amidala de Star Wars), Jeremy, muito apaixonado, acompanha a jornada desesperadamente através de telefonemas e cartas e não consegue encontrá-la, o que lhe resta de lembrança é apenas um beijo roubado enquanto Elizabeth dormia no balcão de seu café.

Comentário:

Ao contrário do que muitos fazem Elizabeth faz tudo ao contrário. Ela não fica chorando e levando os problemas para bebida. Ao invés disso, ela viaja e experimenta recomeçar sempre do zero. No local em que vai morar, trabalha muito para não se lembrar do ex e com isso acaba aprendendo com os exemplos ao seu redor e percebe que tem que encarar seus problemas. Que cada ser humano passa por problemas amorosos e cada um enfrenta de seu jeito. a protagonista vive durante sua viagem à descoberta da transitoriedade de tudo, inclusive necessidades e sofrimentos. Assim é que Elizabeth pode voltar para enfrentar o que deixou para trás.


2 comentários:

  1. Vou seguir a indicação! Bjus amiga!

    ResponderExcluir
  2. Se você gostou desse, assista - do mesmo diretor - Amor à Flor da Pele.

    Sem palavras...
    Veja e sinta!


    Abraços!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário